Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Sem Valores e Sem Normas

Imagem
(N.Sra. do Perpétuo Socorro)
Sem Valores e Sem Normas

Existe, hoje, uma "onda" que leva as pessoasa viverem sem valores e sem normas. No desejode cada um ser livre e dono do seu nariz, busca-seuma autonomia que só quer o que é útil, o que éeficiente, o que dá lucro e o que dá prazer imediato.O ter e o prazer são o que contam. E, sem perceber,as pessoas viram uma "coisa". Como as coisas sãodescartáveis, as pessoas acabam também sendodescartáveis. "Gostei, fiquei, descartei". É assim quemuitas pessoas vivem. Não percebem, na verdade,que viram objetos e que são usados e abusados.Deixam-se levar facilmente por esta onda quemanipula as consciências e escraviza as pessoas. Frei Nilo Agostini Folhinha do Sagrado Coração de Jesus

A Votação da PEC 23/07 na ALERJ

Nesta última terça-feira dia 21 de junho voltei a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro para acompanhar a votação do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) no. 23/2007, que determina a inclusão, na Constituição do Estado do Rio de Janeiro, a expressão "orientação sexual" no Capítulo dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos.
Na qualidade de ex-deputado tenho a possibilidade de ter acesso ao Plenário onde se travam as discussões e são realizadas as votações das matérias.
Certamente, torna-se impossível não lembrar os embates importantes, que travei quando era deputado naquela Casa.
Lembrei da criação do Rio Previdência em 1999, que relatei pela oposição as mudanças no projeto de lei de iniciativa do Poder Executivo. Propus e defendi regras rígidas (qualificação comprovada e sabatina nas Comissões da ALERJ) para a nomeação de dirigentes do fundo, porém, as emendas foram derrotadas pela bancada do Governo Garotinho.
Outros tantos momentos me vieram à lembrança, co…

Os Bombeiros Militares e os Covardes

O governador Sérgio Cabral usa de sua habitual, regular e constante verborragia para classificar servidores públicos de marginais e vândalos. Foi assim com os professores e com os médicos no primeiro governo em 2007.
De lá para cá o governador Sérgio Cabral investiu profundamente na consolidação da imagem de ser agente pacificador, tolerante e habilidoso negociador objetivando reconstruir as relações político-administrativas com o governo federal.
Com este papel, o governador do Rio conseguiu mais vitórias políticas do que administrativas e econômicas que, na prática, possam ser constatadas. Isto, inclusive, é fácil de demonstrar, pois a função básica do Estado é a de prover, segundo a própria Constituição, educação e saúde universalizadas e de qualidade e, também, segurança pública. Para se ter uma idéia do medíocre nível de serviços prestados pelo estado do Rio, basta percorrer ou necessitar das unidades de saúde ou de educação, esta última classificada como a segunda pior do país.
Con…

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (28,16-20)

Naquele Tempo, os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, alguns duvidaram. Então Jesus aproximou-se e falou: "Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias, até ao fim do mundo."