Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Óbvio e Necessário

Não é óbvio e necessário que se reveja a estrutura administrativa perdulária disponível para o nível medíocre de atendimento que o setor público oferta à população? Certamente, que sim. Porém, além de rever essa estrutura enorme, inoperante e corrupta devemos, também, escolher melhor os ocupantes de cargos eletivos. O certo seria ter uma estrutura compatível com a necessidade de atendimento correto às demandas da população e não para atender ao luxo, com o suor alheio, de parte de um conjunto de irresponsáveis.

A Casa dos Horrores da República

De longe o Congresso Nacional tem sido campeão no cometimento de abusos e arbitrariedades no uso de recursos públicos para a manutenção do importante e fundamental serviço que presta a nação. Lamentavelmente, a falta de fiscalização, associada a falta de correção moral de seus agentes de administração e de parlamentares, têm levado ao aprofundamento da descrença pública no Senado e na Câmara Federal.
A falta de vergonha no uso da cota de passagens aéreas se tornou o escândalo da vez. Porém, há um ponto positivo nisto: muitos dos que se julgavam acima de outros no ambiente parlamentar, apontando dedo e fazendo discursos inflamados, foram pegos na mesma atitude indefensável e imoral. Estes deputados, que são promovidos continuamente pela imprensa tentam, agora, agredirem a mesma imprensa, que, repito, sempre os promoveram. No Brasil, o cinismo é uma virtude.

Supremo Tribunal Federal

A quente discussão entre o Ministro Joaquim Barbosa e o Ministro Gilmar Mendes em sessão plenária da Corte Suprema mostra a falta total de respeito a uma instituição chamada de poder moderador. "Nunca antes na história deste país", as instituições têm sido tão desmoralizadas pelo comportamento de seus chefes e membros. É preciso passar o Brasil à limpo.

Saída para a Crise

O setor produtivo brasileiro aposta na preservação do mercado interno, mas entende que é importante, também, não perder o foco nas exportações. Contudo, as dúvidas de sempre permanecem: a habilidade da intervenção do Estado na economia e os gastos da máquina pública crescentes.

Rússia e OTAN

A Rússia não aceitou o convite de participar, neste início de maio, do encontro entre os 28 países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). A Rússia afirma que deseja antes retomar o diálogo político para avançar na cooperação militar.

Alerta do FMI

Em recente relatório divulgado, o FMI manifesta a preocupação com o sistema financeiro mundial. Os problemas observados não se restringem aos títulos originados de instituições financeiras bancárias dos Estados Unidos, ligados a papéis como hipotecas subprime, mas acrescentam na análise as companhias de seguros e os fundos de pensão potencilizados, agora, pela recessão e pela queda do valor dos ativos. Essa situação leva a restrição clara na concessão de empréstimos. O FMI recomenda que os governos injetem capital nos bancos e no limite, defende a estatização de bancos, pela incapacidade das instituições captarem recursos privados nas condições atuais.

Polícia Militar

O Governador Sérgio Cabral não compareceu a solenidade em homenagem a Tiradentes prestada pela Polícia Militar no dia 21 de abril. Registre-se que Tiradentes é o patrono da PM.

Petrobras e ONG's

O Ministério Público da Bahia abriu inquérito para investigar o contrato assinado, sem licitação, entre a Petrobras e a Associação de Apoio e Assessoria a Organizações Sociais do Nordeste (Aanor) e a Fundação Galeno D'Alvelírio, dirigidas por filiados ao Partido do Trabalhadores (PT). Inclusive, os diretores destas entidades têm estreita relação com o assessor especial da presidência da PetrobrasRosemberg Pinto.
As duas entidades receberam para organizar os festejos de São João (me desculpem a citação do nome deste grande Santo da Igreja Católica), em 44 municípios no ano passado, o valor de R$ 2,96 milhões.

Farra das Passagens e Outras

Triste assistir um conjunto de desculpas inaceitáveis sobre o uso de passagens aéreas com dinheiro público distribuídas por parlamentares a parentes e aos próprios em viagens de lazer. Perderam a vergonha! Perderam a noção do respeito ao erário público.
Tanto no Senado quanto na Câmara Federal existem diversas investigações sobre nepotismo e superfaturamento. Aqui entre nós, será que os nossos parlamentares não têm noção de que usar passagem de suas cotas para parentes e amigos fere a ética. Será que suas consciências não lhes fazem um sinal de alerta? Ou será será que elas estão desabilitadas? E, tenham a certeza, o pior ainda está por vir. Esperem o aprofundamento dos repasses às OGN's, muito embora, eu acredite que essas revelações serão mais difíceis, pois muitas dessas ONG's têm proteção forte.

Brasil ilegal, mas e daí

Ilegal e desonesto. Esse é o Brasil do poder, mas não o dos brasileiros, que no dia a dia trabalham, regularmente, buscando com suor honesto do rosto o pão de cada dia. Porém, há um outro Brasil: o dos poderosos montados nas máquinas públicas e gozando fartamente de seus privilégios.
Os jornais revelam exemplos de utilização indevida de recursos públicos por agentes, que em última instância, deveriam aplicá-los com lisura e seriedade. Um destes recursos é o da exploração de petróleo, exploração esta predatória em si mesma, mas, agora, mostra a face mais predatória ainda com os desvios das compensações dos royalties praticados por gestores públicos. Outro exemplo é o descontrole dos gastos públicos. As autoridades não sabem mais o que podem ou não fazer com o dinheiro arrecadado pelos tributos, que não tem fim. Compram passagens aéreas para parentes e amigos, usam cartões corporativos para compra de tapiocas, aluguel frequente de carros. Vejam as suspeitas sobre as refinarias da Petrobr…

Muita Atenção Governo Federal

É certo que as medidas batizadas de desoneração pelo Ministério da Fazenda, que tentam arrumar, ou melhor, que visam, de fato, ganhar tempo para uma leitura e entendimento mais certo da extensão da crise mundial e seus efeitos, são positivas. Porém, estas medidas não tem caráter substantivo. Elas são apenas paliativas e de curta duração. Não podemos nos iludir com essas decisões imprecisas e alardeadas como soluções. Cuidado! A receita histórica é cuidar da gestão da máquina reduzindo seu custo e tornando-a mais eficiente bem como, apresentar uma política clara de redução de juros e de investimentos em infraestrutura. Agilizar operações do BNDES.

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

A alegação para a saída do competente Delegado Gilberto Ribeiro da chefia da Polícia Civil foi o desentendimento com o Secretário de Segurança José Mariano Beltrame por não concordar com a permissão de acesso ao Banco de Dados dos órgãos de segurança. O acesso será permitido a policiais militares, agentes penitenciários e até a analistas do DETRAN. O Delegado Gilberto Ribeiro temia que pessoas erradas tivessem aceso ao cadastro, por esta razão discordou. Na minha opinião, no que fez muito bem.

Petrobras Investimentos

A Petrobras será a grande alavancadora de investimentos no Brasil. Com orçamento bilionário para as áreas de exploração e produção chegando a cifras de 90 bilhões de dólares até 2013. A empresa quer incentivar o empresariado nacional no negócio de petróleo e, também, atrair a participação de fornecedores estrangeiros. Contudo, a meta é aumentar o conteúdo nacional das encomendas.

Cai o Chefe de Polícia do Estado do Rio de Janeiro

O competente policial Dr. Gilberto Ribeiro foi exonerado, hoje, do cargo de Chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. Acho estranho que um delegado desta envergadura deixe o cargo de maneira tão surpreendente.

Parlamentares e seus "Negócios"

A cada dia os parlamentares brasileiros se superam nos absurdo que promovem. O novo escândalo do dia é o da intermediação de passagens aéreas. Como são criativos! Em parceria com agências de viagens, utilizavam a cota pessoal para a emissão de bilhetes para outras pessoas e o lucro da "operação" era divido com as agências captadoras dos clientes. Que vergonha! Será que mais este escândalo vai ficar sem punição?

Violência e Covardia

Pessoas em sua maioria de baixa renda, que utilizam os transportes de massa altamente precários em nosso país e, particularmente, os que usam os do Estado do Rio de Janeiro são vítimas, agora, de agressão física.
Numa situação absurda agentes da SuperVia, empresa responsável pela administração de trens urbanos, agiram de maneira truculenta e injustificada para tentar organizar o embarque dos passageiros.
Em razão da greve dos ferroviários, que causa transtornos, somente, para quem trabalha e aos usuários do sistema de transportes, houve um acumulo imenso de passageiros nas estações. E, repito, a forma encontrada para organizar os embarques foi a agressão aos usuários. Covardia.
A SuperVia certamente não tem um plano estruturado, que oriente a ação de seu funcionários em ocasiões como essas. Espero que tenha em caso de outras situações graves como, por exemplo, acidentes.
Essas agressões nada mais são do que as repetidas feitas indiretamente todo dia com descaso das autoridades e a covardi…

Aborto, Excomunhão e Gravidez de Risco

O Movimento em Defesa da Vida de Porto Alegre promove nesta quinta-feira, dia 16 de abril das 19 às 21 horas uma Mesa Redonda no Centro de Pastoral da Arquidiocese de Porto Alegre na Praça Monsenhor Emílio Lottermann, 96, em Porto Alegre.

Tema: Aborto, Excomunhão e Gravidez de Risco.
Debatedores:Padre ÉricoHammes - Professor de Teologia da PUC -RS.
Dr. Franklin Cunha - Médico obstetra.

Peço a sua divulgação e presença.

Informações Relevantes

No primeiro bimestre de 2009 as receitas federais tiveram queda de 9,11%.

Diferentemente do governo que prevê expansão de 2% da economia, o mercado aponta para o ano de 2009 uma recessão de 0,3%.

Governo Lula - Gastos II

Incrível como o Governo Lula utiliza a política como fim único e em si mesma. A decisão, meramente eleitoreira, de repor aos municípios o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nos valores de 2008 mostra essa visão e fere a técnica de maneiro absurda. Caso esta medida fosse tecnicamente aceitável, pelo menos, deveriam ter feito a reposição na média dos últimos quatro anos.
A queda no FPM é em função da própria redução da atividade econômica. Mas, o que se esconde por de traz desta atitude, além da óbvia manipulação política, é a realidade político-administrativa da constituição desses municípios. Os gastos majoritários são com preponderantemente com pessoal e na manutenção da máquina.
Esta mediada implicará não só em impactos inflacionários perigosos, como também, na elevação da taxa de juros, gerando aumento da dívida pública.
Como já manifestado em outras postagens, devemos ter uma reforma administrativa, que privilegie a eficiência e a agilidade da máquina pública. Esta medida de …

Governo Lula - Gastos I

Conforme temos indicado em diversos comentários, o Governo Lula amplia de forma inadequada os gastos com a máquina pública em detrimento dos investimentos.
A cada dia a máquina cresce no que se refere aos custos de manutenção do funcionalismo. Não há a menor racionalização de métodos ou processos, que visem eficiência e estabeleçam objetivos. É só inchaço. Cabide e benefício incompatíveis com a realidade brasileira.
Neste primeiro trimestre de 2009 o gasto com pessoal, comparado com o mesmo período de 2008, foi superior em 27%.

Governo Lula - Contradições

O discurso do presidente Lula não se sintoniza com a prática da execução orçamentária de seu próprio governo. Por mera aproximação matemática, fechamos este primeiro trimestre com 1% (um por cento) executado do orçamento.
A receita para enfrentar a crise propalada pelo presidente foi sempre enfatizar e garantir que os investimentos públicos seriam realizados, porém, a imensa e desarticulada máquina ministerial não consegue responder. As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) estão nas páginas dos jornais com grande alarde, mas de fato, estão paradas. Obras de infraestrutura emperradas por burocracia licitatórias, exigências da área ambiental, Tribunal de Contas da União (TCU), etc.

Feliz Páscoa

Deus é amor. E Deus manifestou esse amor no envio de seu Filho ao encontro de nós pecadores. É o convite permanente para passar da morte à vida plena.
Cristo ressuscitou, como disse. Aleluia!

O Uso de Drogas

O corpo mole, a política equivocada de redução de danos e a resposta tardia dos governos em trabalhar no campo da prevenção ao uso de drogas levou a sociedade brasileira a conviver com o descontrole e o crescimento alarmante de usuários.
O olhar manso e complacente das autoridades descompromissadas com a preservação das pessoas permitiu, com o barateamento das drogas e outras situações, a ampliação vertiginosa do consumo. Agora, até crianças de 6 e 7 anos usam abertamente nas ruas drogas como o crack, cocaína e a antiga cola de sapateiro.
Na defesa de uma ideologia da liberdade, em que tudo é permitido, não há limites, tem levado, principalmente, os mais indefesos ao fundo de um poço de proporções abissais. A últimas reportagens sobre prostituição nos mostram as entranhas de um sistema que falha diante de escolhas morais.

Aborto de Anencéfalo

A Advocacia Geral da União apresentou parecer favorável ao Supremo Tribunal Federal sobre o abortamento de anencéfalos. A dita advocacia se manifestou por causa de uma petição da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde.
Em primeiro lugar, quero questionar o poder de representação de classe com este nível de autonomia. Certamente, a CNTS não tem competência para representar seus filiados em matéria tão grave e que não diz respeito exclusivo à classe da saúde.
Em segundo lugar, quero me manifestar sobre a razão alegada pela CNTS, que é a seguinte: "Para a entidade, a interrupção da gestação de anencéfalos não configura aborto, já que se trata de uma vida que não se viabilizará após o parto."
Ora, convenhamos a interrupção de uma gravidez é o que? Não tem outro nome que não seja aborto. E mais, a expressão "vida que não se viabilizará após o parto", abre um precedente terrível. O que é vida viável após o parto? Será que a vida dos estudantes de escola pública é …

Crise nos Municípios

Conforme já comentamos anteriormente a respeito da deficitária estrutura político-administrativa do Brasil, apresentamos alguns números, produzidos pela Confederação Nacional dos Municípios, que reforçam a nossa posição sobre a necessidade de uma reestruturação político-administrativa em nosso país. Vejamos abaixo os principais empenhos:
1 -Despesa com Pessoal - 45,1%.
2 - Custeio da Máquina (incluindo gastos sociais) - 39,81%.
Total (1+2): 84,91%.
Precisamos falar mais alguma coisa?

Segurança é prioridade?

Parte do artigo de JulitaLemgruber no O Globo de hoje:
"Quase metade da verba federal para a segurança acaba de ser cortada. Que economia obtusa é essa que representará não apenas um imenso custo social, mas igualmente custos materiais, uma vez que o agravamento da crise mundial significará necessariamente o aumento do desemprego e de todas as mazelas sociais, inclusive da criminalidade violenta em nosso país?"

Petrobras - Refinaria Abreu e Lima

O tribunal de Contas da União (TCU) encontrou fortes indícios de fraude na construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O relatório, já aprovado pelo TCU, indica um superfaturamento na obra da ordem de R$ 94 milhões e, o mesmo foi encaminhado ao Ministério Público Federal.
O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu o prazo de 15 dias para que a Petrobras e as empreiteiras prestem as devidas explicações.
A obra da refinaria está entre as elencadas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.
Este empreendimento foi citado no relatório da Operação Castelo de Areia, da Polícia Federal.

Banco do Brasil

Ao demitir o presidente do Banco do Brasil Antonio Francisco de Lima Neto indicando que as razões seriam o não cumprimento da redução de juros e a cobrança do spread bancário elevado, fica clara a intervenção política numa instituição, que precisa ser independente do político de plantão no Planalto.
A resposta do mercado financeiro foi imediata: queda das ações do Banco do Brasil, que, neste dois dias, caiu 11%.
É certo que devemos ampliar o crédito, baixar as taxas de juros, bem como, diminuir o spread bancário, mas isso não pode ser feito pela "canetada" do presidente da república. Isso gerou um prejuízo aos acionistas e ao Brasil. Será que a Comissão de Valores Mobiliários vai agir? E o Banco Central?

Protógenes na CPI do Grampo

O Delegado Federal Protógenes Queiroz prestou depoimento na CPI do Grampo da Câmara Federal, ontem, dia 8 de abril. Protegido por um instrumento jurídico, que o permitia recusar responder perguntas dos deputados, o delegado Protógenes centrou seu ataque no banqueiro Daniel Dantas.
Durante as quase 6 horas de depoimento o delegado revelou existir um plano de arquitetado fora do Brasil, no qual o banqueiro Daniel Dantas articularia influenciar em ambientes de negócios relacionados a concessões estatais e privatizações. O documento apontado pelo delegado, que contou com a assessoria de Roberto Mangabeira Unger na sua elaboração, é datado da década de 1990. Seria uma espécie de linha estratégica de ação com o objetivo de indicar projetos, que deveriam ser executados no país, cuja estrutura de inteligência estaria a cargo do banqueiro e este os coordenaria.
O delegado Protógenes indicou que uma série destes projetos foram executados e contaram com o apoio de legislações produzidas no Congres…

CPI das ONG's e o MST

Entidades supostamente ligadas ao Movimento dos Sem Terra (MST) tiveram o seus sigilos, telefônicos e bancários, quebrados. A CPI das ONG's, no senado, aprovou requerimento do Senador Heráclito Fortes (DEM-PI) neste sentido. Agora serão vasculhados os convênios feitos com o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Ministério da Educação. Busca-se provar uma triangulação destas entidades investigadas como repassadoras indiretas de recursos públicos ao MST.
A temperatura vai subir.

Senado Federal - Notícia

O valor da conta de telefone, de uso privativo de senadores, pago pelo Senador Tião Viana (PT-AC), por uso da filha dele em viagem de férias ao México, foi de R$ 14.758,07.
A pergunta que fica: Emprestar um bem público para uso privado, não é quebra de decoro parlamentar?

Senado Federal - Fechamento

Lamentável a declaração do Senador Cristóvam Buarque de que o parlamento deveria deixar de existir. Ora, é sem sombra de dúvida, que as Instituições ganham, em certo termo, o caráter das pessoas que nela trabalham e/ou a representam. Contudo, o certo, mesmo, seria o Senador propor a própria renúncia dele e, também, a coletiva de seus pares, permitindo que o povo enganado, iludido e roubado na esperança eleja novos senadores. Defender o fechamento, sob qualquer forma de consulta, do parlamento é mostrar não saber o básico sobre a Constituição Federal, que em tese, deveria ser uma obrigação de um parlamentar.

Movimento Comunhão e Libertação - Convite

Participe da Via Sacra.
"Que a morte e ressurreição de Cristo não seja imaginação e nem um fato do passado ou uma crença, mas seja um fato real. Esta é a única possibilidade de esperança par todos os homens."

Programação:
Dia 10 de Abril.
Concentração na Igreja de Santa Luzia, rua Santa Luzia, 490 - Centro - Rio de Janeiro.
Chegada no Outeiro da Glória.
Informações: 2257-0696.

Crise nos Municípios

A crise dos municípios adquire novos contornos. A crise sai da esfera econômico-financeira e se estabelece, de fato, aonde é a sua origem: a política. Neste momento, perto de mil prefeitos ameaçam o governo federal a não apoiar a candidata indicada a sucessão presidencial, caso não seja recuperado o valor dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Saibam os senhores que estes repasses chegam a representar cerca de 90% da arrecadação de vários municípios. Resumindo, é o oxigênio dos municípios.
Na verdade, o que o Brasil precisa é de uma ampla reforma administrativa. É impossível manter estruturas extremamente deficitárias por emancipações político-administrativas, que só geram despesa e subdesenvolvimento. É para pensar!

Controle sobre a Polícia Federal

O Conselho da Justiça Federal quer criar uma certa "lei da mordaça" para a Polícia Federal, através de um acompanhamento externo, hoje, tarefa do Ministério Público. Justificam isso, em função de algumas operações terem chamado a atenção demasiadamente por exposições na imprensa. Engraçado, é que nestas operações não foram presos nenhum anjo ou nenhum agente de caridade.
Não defendo, aqui, nenhum arbítrio ou força fora do regime de Direito, porém, me parece que estas medidas são mais para cercear o livre e justo trabalho da Polícia Federal.

Royalties de Petróleo - Rio de Janeiro

A Polícia de Federal investiga mais um provável esquema de fraude na distribuição dos pagamentos por produção de petróleo feitos aos municípios do Rio de Janeiro. O esquema seria através de recursos interposto pelo município solicitando a revisão do pagamento de royalties em função de estudo complexo feito por consultoria especializada, que apontaria uma diferença entre e o que é pago e o que seria o correto na visão do estudo. As investigações apontam, inicialmente, certo favorecimento a grupos de consultores ligados a membros da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Polícia Federal

No mundo político principalmente e, até no judiciário, se reclama da Polícia Federal. Mas, o que pode fazer a Polícia Federal ao se deparar com vasto campo de desvios e impropriedades cometidas por diversas autoridades e seus protegidos? Dentro da lei, mas sem dar margem a facilidades, que esses meliantes de colarinho e sem colarinho estão acostumados, a polícia deve ser dura, sim. Deve investigar, produzir inquéritos consistentes e prover o Ministério Público para que este posa propor as devidas ações.

Senado Federal - CPI

Apoio a CPI, que chegou a ser proposta pelo Senador Arthur Virgílio, homem de palavras fortes e passado honrado. A notícia de que o ex-secretário-geral do senado e, hoje, Ministro do Tribunal de Contas da União Raimundo Carreiro será o responsável pela investigação e pela ralatoria do processo de investigação, soa como escárnio. Caso o ministro não se declare impedido devemos nos manifestar abertamente pela CPI.

Terremoto na Itália

Nossa solidariedade e orações aos irmãos mortos e feridos e a suas famílias. Que o bom Deus console a todos e, em particular àqueles que sobreviveram, concedendo a eles a força necessária para a reconstrução de suas vidas.

Crise Global

Embora o sentimento geral seja de otimismo, ainda que não se tenha noção do tamanho da crise que impacta a economia mundial, países líderes como Estados Unidos e os da Comunidade Européia sentem a crise fortemente em suas economias. Estão em recessão evidente. Porém, têm capacidade reação. A dificuldade, entretanto, é achar a porta de saída. Não se têm conhecimento efetivo do que fazer. Impasses da geopolítica, inclusive, contribuem para o adiamento de decisões, pois a desconfiança permanece como se vivêssemos, ainda, na era da Guerra Fria. Neste cenário a China é peça chave no quadro de alianças, embora de equilíbrio instável, para o enfrentamento da crise.
No Brasil, temos que pensar na redução da taxa de juros, na carga tributária e a sempre necessidade da redução de custos da máquina pública. Há muito desperdício. É um momento de ação no tempo imediato e de planejamento.

Reforma Administrativa e a Farra no Senado

Como tudo se subverte no Brasil. Uma estrutura montada para dar sustentação e agilidade administrativa e apoio aos senadores em suas tarefas insubstituíveis ao país, virou nas mãos de espertos um dos escândalos mais ocultados da história. Os fatos revelados graças a uma briga de comadres por perda de poder em recente disputa para a eleição da mesa da Casa trouxe a público a visibilidade do nível baixo de utilização dos recursos públicos sangrados do suor da fronte dos trabalhadores. Uma série de absurdos! Fraude orçamentária; multiplicação de cargos para favorecimento político; contratos suspeitos; apesar do inchaço de pessoal faziam requisição de servidores de outros poderes chegando ao número de 300; cargos em comissão- de livre nomeação - sem concurso público, perto de 3 mil.
Agora, imaginem o descontrole dessas máquinas públicas multiplicadas desde a da União com seus incontáveis ministérios e secretaria especiais, acrescida da dos estados (27) e dos municípios (mais de 5.200). Som…

Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor 2

Iniciamos a Grande Semana sob os acordes solenes dos hosanas e o canto dolente da Paixão. Paixão que nos recorda o amor apaixonado de Deus, que nos ensina a verdadeira dimensão do amor que é entrega, doação, renúncia, perdão; que está mesmo pronto para sofrer pela pessoa amada.
Que ao longo desta Sacrossanta Semana, nun mundo marcado pelo individualismo egoísta, pela ausência do sentido do sagrado, numa época onde tantos perderam a dimensão da fé, em que tantas crianças só conhecem a Páscoa através da propaganda de ovos de chocolate, em que os dias santos são vistos mais como uma grande oportunidade para se aproveitar um feriadão, nós passamos, como o Grande Apóstolo São Paulo cujo ano jubilar celebramos, testemunhar, em meio a este mundo secularizado, que Deus em pessoa vem nos revelar o grande segredo da felicidade, o verdadeiro sentido do amor.
*Extraído do folheto da Missa.

Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor 1

A liturgia de hoje nos apresenta a riqueza do mistério de Cristo. De um lado, Ele verdadeiramente o Senhor. De outro, é um Senhor que ultrapassa o jeito humano de compreender, pois vem montado num jumentinho, entrega-se livremente nas mãos de seus algozes e morre injustamente na cruz. Com isso, Ele não apenas assume para si a figura do Servo Sofredor, como manifesta de modo definitivo que sua divindade, exceto no pecado, assume, por amor, a nossa humanidade.
*Extraído do Folheto da Missa.

Falta de Sensibilidade

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou projeto de lei de autoria do Deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB) que dispensa a obrigatoriedade da presença de ascensoristas em elevadores automáticos. É lamentável que neste momento em que o desemprego cresce, crie-se uma legislação para estimular a dispensa de trabalhadores. Normalmente, estes postos de trabalho são ocupados por pessoas portadoras de necessidades especiais. Trata-se de uma legislação desumana. Devemos pressionar pelo veto do governador Sérgio Cabral.

Mais um Escândalo: Pagamento a Usineiros

O Ministério Público Federal contesta o pagamento efetuado pela Agência Nacional de Petróleo - ANP no valor de R$ 178 milhões a usineiro de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A operação de pagamento, em tempo recorde, foi conduzida pelo Deputado Federal José Mentor do PT e contou com a colaboração de lobistas e outras autoridades como o Ministro do Planejamento Paulo Bernardo, que enviou ao Congresso projeto de lei solicitando crédito suplementar para o pagamento da dívida. É necessária uma apuração isenta e rigorosa.

Mudança na Lei Rouanet

Preocupa extremamente a classe artística e a sociedade como um todo, a proposta do Ministério da Cultura de mudança na Lei Rouanet estabelecendo novos critérios para a distribuição e a captação de recursos. A principal preocupação, que volta a assombrar a cultura depois do enterro da proposta controle feito pela Agência Nacional do Cinema e do Audiovisual - Ancinav - é a possibilidade permanente do dirigismo cultural. Não fica claro nesta nova tentativa de mudança os critérios de escolha dos projetos e, nem a forma de como serão decidas. É importante a atenção sobre isto, afinal todos nós somos filhos do Brasil.

Beatificação de Irmã Dulce

O Vaticano divulga documento em que reconhece as "virtudes heróicas" de Irmã Dulce, passo importante para sua canonização. Irmã Dulce dedicou sua vida aos pobres com suas obras de caridade e o seu olhar piedoso marcou a vida de milhares de pessoas. Em breve, mais uma santa brasileira! Que seu exemplo de vida guie a todos nós, mas, particularmente, as mulheres.

A Paixão de Cristo

A Comunidade Católica Shalom apresenta: A Paixão.
Local: Teatro do Colégio Imaculada Conceição.
Endereço: Praia de Botafogo, 226 - Botafogo.
Dias: 3 e 4 de abril.
Entrada: R$12,00.
Informações: 2535-4831.

As Prefeituras e o INSS

Seria importante uma auditoria por parte dos municípios na dívida que têm junto ao INSS. Muitos desses valores foram atribuídos de forma unilateral e arbitrária. Naquele momento da "negociação" sem a confissão de dívida e o parcelamento proposto às prefeituras estas não obteriam as certidões de regularidade o que impediriam os repasses federais. Negociação tipo faca no peito. Nesta crise, uma das saídas seriam estas revisões. Há milhões de reais escondidos aí. Atenção prefeitos!

As Prefeituras e a Crise

Boa parte das prefeituras no Brasil se sustentam com recursos do Fundo de Participação dos Municípios - FPM. Este Fundo reparte as arrecadações de impostos pagos à União. Com a queda na arrecadação originada pela crise e, também, pelas medidas do Governo Federal de isentar, por certo período impostos, na busca de manter empregos e a taxa de crescimento, atingiu em cheio os municípios, que reclamam fortemente da redução da mesada.
A rigor, grande parte dos municípios fizeram suas emancipações político-administrativas sem saber ou prever de como iriam se manter. O peso da máquina burocrática (prefeituras e câmaras municipais) levam praticamente toda a arrecadação sobrando, então, apenas os repasses federais e estaduais para sua manutenção. Não é à toa que os prefeitos vivem em Brasília.

Aeroporto Antônio Carlos Jobim - Galeão

Já foram iniciadas as migrações de voos. Repousam sobre a ANAC nada menos que 81 pedidos de transferência do Tom Jobim para o Santos Dumont. Vamos aguardar as consequências....

Reunião do G 20 - Parte 3

Com relação ao Fundo Monetário Internacional - FMI o aporte de US$ 1,1 trilhão surtirá efeito se for corretamente aplicado em economias fragilizadas para gerar emprego, avanços comerciais internos e externos. Deve -se ter a visão de capital de subsídio o qual permita, sem as restrições usuais, a admissão de projetos que tenham sua cronologia de implantação acompanhada a cada fase. Deve ser um pacto de ordenamento econômico, que busque o crescimento sustentável econômico e ambiental.

Reunião do G 20 - Parte 2

Outra indicação importante é a sinalização conceitual do sistema financeiro voltar a ser meio de alavancagem de desenvolvimento das nações. Não basta, apenas, se alimentar de papéis "criativos". Operações de adivinhos e feiticeiros financeiros levam e levaram o mundo a uma ciranda de vício na aplicação de recursos em busca de vantagens acima que o próprio sistema poderia produzir.

Reunião do G 20 - Parte 1

Importante a decisão de combater de forma efetiva os paraísos fiscais. Esses lugares refinados são abrigos para toda a sorte de crimes, dentre os quais, a evasão de divisas. Esses países deveriam responder, diante da comunidade mundial, como cúmplices de crimes de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, tráfico de armas, pirataria, prostituição entre outros.

Casa de Ameaças

Com a revelação do uso da cota de passagens aéreas para fretamento de jatos, que serviam ao Senador TassoJereissati - PSDB do Ceará, o líder do PSBD Senador Arthur Virgílio ameçou criar uma CPI para investigar a administração do antigo diretor geral da Casa, que tem uma mansão avaliada em R$ 5 milhões em Brasília. Seria bom que isso não ficasse só na ameaça ou na guerra de partidos, pois esses esclarecimentos devem se tornar público.

Dois Pesos e Duas Medidas

O governo Lula salvou o Banco Votorantim com R$ 4 bilhões e injetou R$ 350 milhões no setor de cimento. No setor automobilístico a prorrogação da isenção do IPI. Mas, e os gastos públicos?

Triste Decisão

Lamentável a decisão do Ministério da Defesa de se reduzir à metade o número de incorporações de novos recrutas ao serviço militar. Não levaram em conta que esse é um programa cívico-social. Milhares de pessoas enxergam nesta oportunidade a possibilidade de aprendizado e formação profissional. Muitos, inclusive, optam por continuar na carreira tendo, assim, base para formação e sustentação de suas famílias. Além, da necessária e urgente construção de um contingente numericamente seguro, treinado e preparado para a defesa do Brasil.

Oração do "Angelus"

Sempre na primeira sexta-feira de cada mês, ao meio-dia, a Arquidiocese do Rio promove a recitação da Oração do "Angelus", junto à imagem do Cristo Redentor, no Corcovado.
Vamos rezar pelas nossas famílias e pelo Brasil.

Mais que uma Reforma Administrativa

Estamos assistindo no mundo e, particularmente, no Brasil uma crise de talentos. A estrutura do Estado brasileiro vem sendo administradas para atender aos interesses particulares de grupos, que, amigavelmente, se revezam no poder há anos. No Brasil não há oposição. Existem, sim, acordos entres os chefes gerais, os quais estabelecem os limites de seus embates. Tudo tem acordo. Tudo!
Inaceitável, também, a leniência e a falta de percepção sobre a crise que se abate sobre o mundo. O Brasil não está imune a isto! E essa gente fica discutindo cargos e parcerias. Antecipam de forma irresponsável a campanha de 20010. Não querem largar o osso. Nos jornais lemos diariamente escândalos, obviamente os que podem ser publicados, mas e os outros?
O país tem demonstrado nitidamente sua incapacidade de reagir à crise, não só por não ter mecanismos econômicos e morais para apresentar, mas e, sobretudo, por não ter uma voz isenta a favor do Brasil, uma liderança moral.