O Poderoso do Governo Lula e do PT

Quero comentar um assunto que me deixou perplexo sobre a reativação de empresa pública para a banda larga no país. Em que pese a discussão se é ou não função do Estado ter uma empresa para este fim, não quero, hoje, tratar deste tema. O que me deixou perplexo, repito, foi e, está sendo, a confirmação do José Dirceu como um dos maiores atravessadores de negócios públicos que já houve na história deste país. Aqui perdeu-se, de fato, a vergonha! Como um sujeito respondendo a vários processos no Supremo Tribunal Federal por formação de quadrilha entre outras acusações, acompanhado de mais outras 40 figuras não menos perigosas, pode trafegar livremente pelos corredores e calabouços do Governo Federal? Faço uma observação simples. Há um apelo antigo para que o empresariado dê emprego a ex-presidiários gerando oportunidade de recuperação social e moral. Porém, está tarefa é dificílima. Praticamente ninguém dá oportunidade a pessoas que erraram e foram para o crime. Mas, estranhamente, no caso de José Dirceu esta foi a passagem para o estrelato junto ao empresariado brasileiro e estrangeiro. Há algo de errado, pois tenho a convicção de que nenhum negócio proposto neste âmbito pode vir à luz e ser conhecido pelos estudiosos no campo da administração como "case" de sucesso. A impostura das autoridades públicas e a lentidão do judiciário envergonham o cidadão honesto que ganha com o suor de seu rosto o salário injusto e miserável que leva para casa.

Comentários

  1. Boa tarde Carlos,
    gostaria de dizer que foi um prazer conhece-lo na passeata contra o PNDH-3, e debater brevemente com você. É sempre bom conhecer pessoas de bem abertas ao debate, gostaria de me colocar à sua disposição para debatermos mais.
    Meu email é roberto@mises.org.br
    Um abraço,
    Roberto Chiocca

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Governos: Falta de Planejamento e Visão

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7