Legalização das Drogas e do Jogo

A revista Época desta semana apresenta, para quem quer ver, o que será do Brasil e do seu ambiente social, caso avancem os projetos de legalização do jogo e do uso de drogas.
Muitos "inocentes" tratam o jogo, apenas, como uma diversão e, acreditam, que esta atividade está no campo empresarial mais nobre, com grande geração de emprego e potente desenvolvimento social. Mas, o que assistimos é que crimes financeiros e, de forma preponderante, a lavagem de dinheiro, de robustos operadores do trafico, encontram abrigo privilegiado nos empreendimentos da jogatina. A revista Época nas páginas 66 e 67, mostra a ação importante da Polícia Federal e da Justiça de São Paulo, que em menos de três anos, investigaram e prenderam pesos pesados do tráfico internacional de drogas com residência fixa no Brasil. Entendido? Residência fixa no Brasil.
Não se trata de mera coincidência, nestes últimos tempos, terem crescido as pressões para legalizar-se o jogo e adotar-se uma política mais flexível sobre o uso de drogas. Mais uma vez, entendido? As drogas precisam do jogo aberto, blindado e pujante.
Espero que as autoridades em todos os níveis interpretem essa migração de traficantes com a devida atenção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governos: Falta de Planejamento e Visão

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7