República de Dois Poderes

A decisão Supremo Tribunal Federal sobre o rito do impeachment mostrou duas coisas:
1a. Que a república brasileira só tem dois poderes: o hipertrofiado Executivo e o legitimador e, ocasionalmente independente, o Supremo Tribunal Federal; e
2a. Que o Poder Legislativo é um mero figurante no traço pontilhado da democracia brasileira.
Contudo, cabe ressaltar, que a Constituição Federal tem remédio próprio e firme para àqueles membros dos poderes constituídos, que a violem.
A grande frustração é que o processo de exame do intitulado crime de responsabilidade, se daria no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, Casa da República, rebaixada por completo pelos interesses particulares da maioria de seus integrantes, imersos em escândalos variados e sequenciais de corrupção.
O que resta, para nós povo ordeiro, trabalhador e vítima desta imoralidade e da permanente da extorsão tributária deste (des)governo é decidir tomar a firme posição de criticar e enfrentar "os donos do poder".
Essa gente desqualificada já sofreu um impeachment moral, basta, agora, levarmos isto às últimas consequências.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preces da Comunidade

Crítica ao Trabalho das Organizações Não Governamentais - ONGs

Governos: Falta de Planejamento e Visão