O Jornal Globo contra o Ensino Religioso

A posição do jornal O Globo contra a presença do Ensino Religioso na matriz curricular nas escolas públicas é mais do que conhecida. É uma militância contrária permanente ao ponto de deixar a imparcialidade esperada do bom jornalismo para adotar uma postura panfletária nas chamadas reportagens.

No O Globo deste domingo, dia 24 de março de 2013, não foi diferente. O jornal gastou duas de suas principais páginas para tratar de maneira inadequada e preconceituosa o ensino de religião nas escolas. Tanto o jornal quanto os que se dedicam ao ensino sabem que o que está descrito na matéria não tem qualquer vínculo com o Ensino Religioso.

A matéria do Ensino Religioso faz parte da formação integral da pessoa, contribui para o êxito do projeto educacional, da consolidação pedagógica e, consequentemente, sua aula é planejada como qualquer outra matéria do campo de conhecimento onde o próprio ensino religioso se insere. Negar isto é má-fé!

A reportagem mostra exatamente o que não é o ensino religioso. O divórcio entre o ambiente educacional, as famílias e a dimensão sobrenatural da vida.

A confusão exibida pelo jornal na suposta reportagem só revela a carga de preconceito contra as religiões, o que, no entendimento deles repórteres, é atribuído erroneamente à presença da matéria na matriz curricular das escolas públicas.

Na verdade o Ensino Religioso de caráter confessional responde às obrigações constitucionais do Estado e, atende as demandas das famílias, que se manifestam, no ato da matrícula de seus filhos, o desejo de que tal ensino seja ofertado de acordo com o respeito inviolável a crença de cada aluno.

Não discriminação! Há respeito às diferenças e a fé de cada cidadão brasileiro.

Comentários

  1. É TRISTE NOTAR COMO A GRANDE MAIORIA DOS JORNALISTAS NOS PRINCIPAIS JORNAIS E CANAIS DE TV DO BRASIL E DO MUNDO,NÃO ENTENDEM NADA DE RELIGIÃO E QUEREM, NAS DIVERSAS SITUAÇÕES, COMO A POUCO NA ELEIÇÃO DO PAPA E AGORA EM RELAÇÃO AO ENSINO RELIGIOSO NAS ESCOLAS, OPINAR ERRONEAMENTE E SEM CONHECIMENTO DE CAUSA. SUGIRO A ESTES QUE APENAS PASSEM A NOTÍCIA AO PÚBLICO QUANDO NÃO TIVEREM CONHECIMENTO PARA UMA OPINIÃO SENSATA. NA ELEIÇÃO DO PAPA... MEU DEUS! QUANTA ASNEIRA DA PARTE DE JORNALISTAS!

    ResponderExcluir
  2. Estamos com você Carlos Dias, "ali na reportagem informa exatamente o que não é Ensino Religioso" pelo menos no Rio de Janeiro o Ensino religioso é confessional e facultativo, catequese se faz nas Igrejas e não nas escolas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Governos: Falta de Planejamento e Visão

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7