Voto Católico para o Senado

“Tomar a sério a política, nos seus diversos níveis – local, regional, nacional e mundial -, é afirmar o dever do homem, de todos os homens de reconhecerem a realidade concreta e o valor da liberdade de escolha que lhes é proporcionada para procurarem realizar juntos o bem da cidade, da nação e da humanidade. A política é uma maneira exigente – não a única – de viver o compromisso cristão ao serviço dos outros”. (Papa Paulo VI, Octogésima Adveniens 46).

Prezados eleitores,

A partir deste ensinamento do Papa Paulo VI e, em virtude do quadro de possibilidades de escolha para o Senado da República, peço a vocês que reflitam sobre a hipótese de votar em apenas um senador nestas eleições – Carlos Dias no. 700. Peço desculpas por este pedido partir de mim mesmo, pois não quero conduzir o voto de ninguém, mas se por acaso eu tivesse um segundo candidato eu mesmo o estaria apoiando abertamente. Todos nós sabemos ou podemos nos informar através do site www.alertacristaos.com.br das posições estranhas à doutrina católica dos ditos principais candidatos. Refiro-me diretamente aos candidatos do sistema, Crivella, Lindberg, Picciani e César Maia. Mas, os outros, também, não são recomendáveis sob este prisma. Nesta reta final precisamos maximizar nossas possibilidades de uma representação católica autêntica no Senado. Não se trata só de uma estratégia eleitoral, não acredito nas pesquisas divulgadas, mas entendo que seja uma imposição de consciência.

Agradeço a todos pelo apoio e com muita fé vamos chegar à vitória!

Vote: Carlos Dias – Senador no. 700.

www.senadorcarlosdias700.com

Saudações,

Carlos Dias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preces da Comunidade

Governos: Falta de Planejamento e Visão