Secretário de Saúde do Rio de Janeiro e a CSS

O secretário de Saúde do Estado Rio de Janeiro Sérgio Côrtes, que é favorável a recriação da CPMF sob nome novo de Contribuição Social para a Saúde (CSS), mas com os vícios antigos, declarou que: "fica fácil para quem tem plano de saúde dizer que não quer imposto". Ora, que falta de sinceridade e demagogia! Será que o secretário se trataria na rede que ele é o gestor principal? Recomendaria a família dele o uso da mesma? Será que o secretário Sérgio Côrtes não tem plano de saúde privado? O que se deve interpretar da negativa da sociedade de não querer um novo imposto é a simples razão de não querer entregar mais dinheiro na mão destes que só falam e nada fazem. São mais de três anos de Governo Sérgio Cabral e, aqui entre nós, um governo de continuidade, aliado que foi de Garotinho e Rosinha, porém, nada de significativa alteração na qualidade da administração da saúde. Isso para ficar só na saúde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Preces da Comunidade

Crítica ao Trabalho das Organizações Não Governamentais - ONGs

Governos: Falta de Planejamento e Visão