Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro

Um empreendimento de R$ 16 bilhões está paralisado no Rio de Janeiro em função da descoberta, incomum no Brasil, de sobrepreço em contratos de empreteiras e a Petrobras pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O complexo petroquímico, que gerará 200 mil empregos ao longo de sua construção, conta hoje com cerca de 4 mil pessoas em atividade. Trata-se um projeto importantíssimo para o Rio de Janeiro e para o Brasil, mas a falta de controle e retidão na confecção dos custos do empreendimento prejudicam o avanço do país. O complexo previsto para entrar em operação em 2012 seria um fator importante de equilíbrio para a balança comercial brasileira, pois reduziria o gasto com a importação de produtos petroquímicos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governos: Falta de Planejamento e Visão

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7