A Esperança Depositada na Jornada Mundial da Juventude

Aproveitando o precioso período da presença do Papa Francisco por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, os jovens brasileiros e de todas as nações são convidados a refletir sobre as opções interiores para firmar novas convicções e regular opções externas e justas de vida, não mais segundo interesses particulares e egoístas, mas, sobretudo, pelo amor cristão que significa doação, partilha e entrega.

O segredo da mudança social brasileira e do mundo está exatamente na recuperação dos valores cristãos de sua origem, que construíram e já foram parâmetros sólidos da Civilização Ocidental.
A crise moral que vivemos é reflexo da perda destes valores, que gradualmente têm sido substituídos por uma “ética de resultado”, que considera, apenas, os interesses de grupos, como assistimos na política brasileira em várias esferas.

Basilar, também para a esperança dos jovens, é a estrutura familiar e seu significado, devendo recompor necessários conceitos, como o do valor do trabalho honesto, rico exemplo que nos chega pelo suor do rosto daquele que trabalha e, por isso mesmo, deve merecer salário justo. Salário visto como recompensa e conquista, gerando crescimento e estabilidade na tensa relação sempre presente entre capital e trabalho.

Outro importante ponto para a juventude de nosso país seria a reconquista da rede de educação pública como um dos instrumentos de superação das defasagens sociais, permitindo uma verdadeira revolução, conjugando instrução, cultura, esporte, saúde e lazer no mesmo ambiente, facultando ao aluno e suas famílias (sem os traumas ideológicos do passado, que atingiram fortemente o magistério e os profissionais da educação), a convivência em ambiente favorável ao desenvolvimento de virtudes, aliado ao ensino religioso de fundo confessional e plural, fonte própria de recuperação pessoal, familiar e social.

Nos tempos atuais o modelo educacional tem gerado mais segregação, discriminação e incerteza quanto ao futuro.

A esperança na visita do Santo Padre por ocasião da Jornada Mundial da Juventude nos antecipa pela fé grandes transformações.

Vivemos, de fato, em um tempo de mudança. E somos capazes desta reconstrução, iniciando a partir de dentro, do coração, resposta que se impõe à razão fria.

Que a experiência pastoral do Papa Francisco e sua notória humildade cristã encorajem aos jovens na superação do sofrimento e da angústia e os aguce na busca e preservação dos mais profundos valores. Acentue da mesma forma a dimensão espiritual na vida contribuindo para a verdadeira transformação da realidade do mundo.

Texto do Programa Opinião Católica do dia 06 de junho de 2013.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7

Governos: Falta de Planejamento e Visão