O Supremo Tribunal Federal e sua Composição

O Supremo Tribunal Federal é a mais alta instância do Poder Judiciário brasileiro. É um Tribunal de última instância e acumula à exclusiva e importantíssima função de ser o guardião da Constituição da República. Portanto, em matéria de constitucionalidade o Supremo Tribunal Federal tem a última palavra.

O Supremo Tribunal Federal é composto de onze membros escolhidos dentre cidadãos com mais de trinta e cinco anos e menos de sessenta e cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada.

A indicação dos Ministros do Supremo Tribunal Federal é feita pelo Presidente da República, que a remete para a apreciação do Senado da República, que tem competência para aprovar ou rejeitar a indicação.

O Supremo Tribunal Federal é uma instituição independente, que conjugada a independência dos Poderes Legislativo e Executivo sedimenta o caráter democrático da República. Contudo, é necessário frisar, que é o exercício prático da Justiça, isto é, nos seus efeitos para o bem, que se pode afirmar o valor da instituição.

Digo isto porque o Supremo Tribunal Federal ou qualquer outra instância de Poder não pode se distanciar dos valores, mesmo subjetivos, que a nação brasileira cultiva e, menos ainda, dos objetivamente consagrados nos seus Códigos.

É importante chamar a atenção do povo católico que a escolha de novos ministros e a conduta dos atuais devem se nortear por parâmetros expressos na Constituição e não por modismos ou atualizações fora da ordem legal que só o Poder Legislativo tem a prerrogativa de sancionar.

Nesta semana estará em debate no Senado Federal, na Comissão de Constituição e Justiça, a indicação feita pela presidente Dilma Rousseff, do advogado Luís Roberto Barroso, para uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

Cabe ao nosso povo saber que o indicado tem pensamento diverso da ordem natural adotada na construção deste país em pelo menos dois pontos fundamentais, o da defesa inviolável da vida humana no seio materno desde a concepção e o da defesa da família natural formada exclusivamente pelo homem e pela mulher.

Esta mensagem serve de apelo para o reforço do exercício democrático no país. Peço aos que entendem da mesma forma como aqui exposto o tema apresentado, que se manifestem adequadamente aos senadores da república no sentido de que rejeitem tal indicação.

Texto do Programa Opinião Católica do dia 03 de junho de 2013.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governos: Falta de Planejamento e Visão

Vox Populi Brasil - Rádio Catedral FM 106,7